Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Maria Tagarela

A Maria Tagarela

11.06.22

Diário de uma Pendura - Dicas para viajar de forma confortável a pendura

Hoje quero deixar-vos umas dicas para viajarmos à pendura de forma confortável. Usarmos equipamento corretoTenho um bom capacete, calças, casaco, luvas e botas apropriadas, e em caso de chuva, levo sempre o fato de chuva. É um grande investimento sim, mas tudo na vida tem um dress code. No caso das viagens de moto, o motivo maior é a segurança. Termos os equipamentos específicos para viajarmos de moto faz toda a diferença. Bom casaco com protecções adequadasConvêm termos (...)
16.05.22

Diário de uma Pendura - Cumprimentos entre motociclistas

Assim que comecei a andar a pendura comecei a reparar que muitos motociclistas, quando se cruzam, cumprimentam-se, isto é perfeitamente normal.  Mas com o passar do tempo vi que existem alguns tipos de cumprimentos como acenar a cabeça, dar sinais de luzes(embora possa ser usado para indicar perigo à frente), ao passar para a frente do motociclista esticar a perna direita (embora seja usado também para indicar um perigo na estrada) ou mesmo levantar a mão numa posição aberta ou (...)
15.05.22

Diário de uma Pendura - Dificuldade em arranjar roupa tamanho grande

Geralmente a pendura é mais inexperiente do que o condutor, e por isso não tem tantos hábitos de segurança no equipamento para andar de mota. Convém dizer que equipamento para a pendura é tão importante quanto o do condutor. É importante escolhermos bons fatos, botas, luvas e capacete de qualidade e confortáveis. No meu caso gosto de aliar a qualidade ao sentido estético. Mas nem sempre consigo encontrar locais com variedade de equipamento feminino que se adapte a mim (...)
14.05.22

Diário de uma Pendura

Hoje abro aqui uma nova rubrica, "  Diário de uma Pendura" e porquê??? A ideia de falar de viagens de moto da perspectiva de quem viaja à pendura e organiza a logística surgiu principalmente porque tentei encontrar este tipo de informação e reparei que havia muito pouco escrito sobre isso. Falo com algumas penduras e a maior motivação para saírem à pendura é a de dar uma voltinha de meio dia, ir comer fora, apreciar umas paisagens e feito; duas ou três vezes por ano, grande (...)